© Copyright 2013 Associação de Defesa do Património Histórico e Arqueológico de Aljezur
Rua João Dias Mendes 48, 8670-086 Aljezur 282 991 011 965 090 518
adpha@sapo.pt
Necrópole do Corte Cabreira
 A Necrópole do Corte Cabreira, situa-se no cabeço da Igrejinha, a cerca de 7Km de Aljezur, numa zona de xistos argilosos negros e argilitos negros. Escavações levadas a efeito nos anos 1990 e 1991, sob a responsabilidade da Dr.ª Teresa Gamito docente da Universidade do Algarve, vieram a revelar e identificar a necrópole da Idade do Bronze que parece situar-se em cerca de 1200 a.C., não devendo ultrapassar o milénio. Verificou-se a existência de duas fileiras de cistas, geralmente rectangulares e dispostas em ciclo em torno de dois grandes túmulos quadrangulares centrais, igualmente construídos em . Os rituais funerários sugerem a adopção de incineração e à superfície das sepulturas foram encontrados alguns fragmentos de cerâmica atípica, de feitura manual, apontando alguns recipientes que eram utilizados no final do enterramento e ali abandonados.
Verificou-se ainda a existência de uma a cerca de 50m da necrópole da Idade do Bronze, implantada num pequeno cabeço arredondado com cerca de 15m de diâmetro. Este sepulcro megalítico, identificado em Junho de 1990, é constituído por uma câmara sub-circular, com cerca de 3m de diâmetro constituída por lajes de xisto cuidadosamente ajustadas, colocadas quase na vertical, mas com uma ligeira inclinação para o exterior e por um corredor com cerca de 2,5m de comprimento e 0,8m de largura.
Poderá ter sido utilizado, muito possivelmente durante o 2.º milénio a.C., correspondendo assim a um Calcolítico Final, ou já a um Bronze Antigo/Médio. Hoje, a grande maioria das peças aqui encontradas, encontram-se expostas e à disposição da fruição do público, no Núcleo de Arqueologia do Museu Municipal.
Início
Associação de Defesa do Património Histórico e Arqueológico de Aljezur
Fundada em 12 de Fevereiro de 1996.